Com preço popular, Mini SUV da Toyota já tem data para chegar

Substituto do Yaris no Brasil, o novo SUV compacto de baixo custo da Toyota será revelado mundialmente no primeiro dia de julho. A estreia acontece primeiro na Índia, mas o modelo já tem passaporte carimbado para o nosso mercado e com a missão de fazer bem mais volume que o hatch e o sedã compacto da Toyota fazem hoje.

01 toyota ft 4x concept ny 1 1 1160x653 1
Foto reprodução

O modelo está em desenvolvimento há um certo tempo com participação ativa da engenharia brasileira. A ideia da Toyota é ter um SUV compacto feito sobre a plataforma modular DNGA da Daihatsu – uma variante de baixo custo da TNGA-A usada no Yaris europeu e no Yaris Cross. Como o projeto do Yaris Cross seria muito caro e pequeno para o Brasil, ele ficou de fora.

Toyota FT 4X Concept 9
Toyota FT-4X Concept

A participação da Índia no projeto se dá por conta do auxilio da Suzuki, a qual terá um derivado desse SUV para chamar de seu. Por isso, o rival a ser batido é bastante claro: o Hyundai Creta. Como ele é um SUV compacto de proporções generosas e bem espaçoso, o Yaris Cross seria pequeno demais para encará-lo. Por isso a Toyota optou por um novo SUV.

Toyota FT 4X Concept front side 86
Toyota FT-4X Concept

Motores Toyota 1.5 para o Brasil
Aqui no Brasil, conforme já revelado com exclusividade pelo Auto+, o novo SUV compacto contará com motor 1.5 quatro cilindros aspirado e um 1.5 híbrido. Ambos são motores novos, não derivados do 1.5 aspirado atualmente usado no Yaris. Na realidade, eles vêm do conjunto usado pelo Yaris europeu com um cilindro a menos.

Hoje o 1.5 flex da Toyota tem quatro cilindros e entrega 110 cv e 14,9 kgfm de torque. Contudo, o novo motor três cilindros, também 1.5, será bem mais forte. Na Europa, ele entrega 125 cv e 14,8 kgfm de torque bebendo apenas gasolina. Por aqui não é difícil que o acerto para etanol chegue aos mesmos 130 cv do motor 1.0 turbo da Fiat.

O torque, porém, ficará na faixa dos 15 kgfm. Já a variante híbrida desse motor é um pouco mais fraca por conta do ciclo diferente feito para economia. O conjunto total rende 116 cv na variante somente a gasolina, podendo ser esticada a 120 cv quando se tornar flex. A vantagem é o consumo: na casa dos 30 km/l segundo a Toyota da Europa no Yaris Cross.

Fonte: AutoMais