Inclusiva e arrojada: Ford apresenta ao mundo nova pickup Ranger Raptor personalizada

A Ford quer mostrar ao mundo que não existe mais espaço para qualquer tipo de preconceito, por isso, em um comunicado divulgado, a montadora resolveu apresentar em Goodwood, perto de Chichester, Reino Unido, seu novo Ranger Raptor personalizada com as cores do arco íris. O carro será usado para iniciar discussões importantes e visar eliminar a discriminação na indústria automotiva.

phil hay very
Foto reprodução / Ford

“Como parte disso, a Ford apresentará sessões ao vivo de sua nova série ‘Tough Talks’ em Goodwood a pickup “Very Gay Raptor”, apresentado pela lenda do rugby galês Gareth Thomas, o primeiro jogador abertamente gay da união de rúgbi.”

O raptor foi produzido em 2021 após um comentário negativo ser postado nas redes sociais, e acabou caindo no gosto popular, a verdade precisa ser dito, a personalização do carro ficou sensacional e com certeza você iria gostar de tê-lo na garagem.

Ford Ranger Very
Foto reprodução / Ford

Como resultado, a Ford tornou sua placa de identificação mais conhecida em ouro cintilante adornado com gráficos de arco-íris.

A resposta positiva online foi tão avassaladora que o fabricante decidiu torná-lo real, e vem usando-a como uma ferramenta para ajudar a eliminar a discriminação desde então.

fords very gay raptor coming to goodwood in support of the lgbtq community 7
Foto reprodução / Ford

O raptor arrasa no ecoboost V6 biturbo de 3,0 litros, que produz 284 cv (212 kW / 288 PS) e 491 Nm (362 lb-ft) de torque, em sua especificação europeia.

The Next-Gen Ranger Raptor, aparecendo pela primeira vez como “Very Gay Raptor”, fará sua estreia dinâmica europeia em Goodwood, enfrentando a desafiadora pista off-road entre corridas até a famosa colina.

A Ford ainda não estreou a versão do mais recente Ranger para os Estados Unidos.

Ford 1630023
Foto reprodução / Ford

A pickup VGR, juntamente com a nova geração da Ranger, apresentada no final do ano passado na Austrália é confirmada para chegar ao mercado brasileiro em 2023.