Como começar 2020 com um bom planejamento financeiro

25

Dezembro indica que falta pouco para 2019 dar lugar para 2020. Para alguns, o que acontece depois do dia 31 é só uma virada de página no calendário, enquanto para outros tantos, é uma oportunidade de recomeço e de novos planos.

Final de ano é sempre assim, muitos prometem iniciar aquela dieta que deveria ter sido começada em janeiro. Outros afirmam que serão mais tolerantes, enquanto uns dizem que vão fazer uma viagem, comprar um carro, ganhar na loteria, enfim.

Como podemos ver, há planos para todos os gostos e projetos. Contudo, para que a maioria desses planos não fique apenas no discurso na hora de abrir a garrafa de champagne, eles vão depender de algo básico: planejamento financeiro.

O planejamento financeiro é importante em todos os sentidos, não apenas para quem quer realização pessoal no ano que vai nascer, como também para os empreendedores que querem ver a sua empresa crescer em 2020.

Contudo, é graças a um bom planejamento que será possível comprar o carro dos sonhos, o iPhone que só falta falar, fazer um empreendimento render e mais uma série de outros projetos.

Porém, nem sempre é fácil! Um planejamento financeiro adequado só se torna eficiente quando é seguido à risca, com disciplina e esforço. E por falar em planejamento, que tal umas dicas para começar 2020 com mais segurança e controle? Vamos ver? 

Investir em presença online

Essa é uma dica específica para quem é – ou tem o objetivo –  de ser empreendedor. Garantir uma boa presença digital para a empresa deve estar no Top 10 de prioridades de qualquer empresário.

Por essa razão, comprar o domínio e ir atrás de uma boa hospedagem de site não pode ser encarado como um gasto, mas sim como um investimento. Graças a isso qualquer empresa pode fortalecer a sua marca, adquirir mais credibilidade e se destacar entre os concorrentes.

Sendo assim, se você gerencia um grande ou pequeno negócio e quer saldo positivo em 2020, já pode ir anotando na sua tabela de planejamento o registro de domínio e o serviço de web hosting.

Procure quitar as suas dívidas

Saindo um pouco do universo do empreendedorismo e indo para uma visão geral do planejamento financeiro, é importante lembrar-se das dívidas. 

Sabemos que a palavra “dívida” assusta muita gente, porém se elas existiram em 2019, foi porque em 2018 (e quem sabe até antes) faltou um bom planejamento financeiro. 

Nesse caso, analise como será possível sanar algumas das suas dívidas. Pesquise maneiras de negociá-las. Lembre-se que alguns hábitos de consumo deverão ser mudados.

Aplicativos podem ajudar

Se existem aplicativos com várias funcionalidades hoje em dia, não poderia faltar aqueles capazes de auxiliar na organização do planejamento financeiro. Portanto, planeje o seu 2020 com a ajuda de algum deles.

O Mobills, o Orçamento Fácil e o Money Lover são alguns exemplos. Há também o Guiabolso, que entre as suas muitas funções está a de gerar planilhas, trazer dicas para economizar melhor e ainda apresentar relatórios de gastos.

Determine o que é supérfluo e o que é importante

Você definiu os seus objetivos financeiros em 2019, já adquiriu um bom aplicativo para ajudar na organização das finanças. Chega então a hora de estipular quais são os gastos fundamentais no seu dia a dia e quais são aqueles supérfluos.

Boletos, gastos com alimentação, transporte e saúde devem estar entre os gastos importantes.

Use menos o cartão de crédito

Fazer compras e pagá-las em duas, três ou mais vezes é um verdadeiro convite para o acúmulo de dívidas. O parcelamento é uma facilidade de compra, por isso é tentador. Mas evite esse recurso!

Porém, caso seja necessário efetuar compras parceladas, recorra ao seu aplicativo de planejamento financeiro e mantenha tudo anotado. Não se esqueça também que os bancos não aliviam na hora de cobrar os juros.

Isso tudo pode gerar dívidas que vão colocar por água abaixo toda a estrutura do seu planejamento financeiro.

Procure ter um fundo emergencial

Um bom planejamento financeiro para iniciar 2020 também leva em conta a criação de um plano B. É aí que o tal fundo emergencial se revela muito importante.

Manter uma determinada quantia guardada, ainda que não seja muita, com certeza vai trazer mais tranquilidade para o seu cotidiano, possibilitando que você siga com o seu planejamento.

Além disso, assim como todo e qualquer ano, 2020 poderá apresentar alguns imprevistos no decorrer dos seus 12 meses. 

Nesse caso, poder contar com uma saída de emergência é importante. Assim você vai encarar melhor algum problema de saúde (que a gente nunca espera) e reparos cotidianos na casa, apartamento ou carro.

Conclusão

“Muito dinheiro no bolso” é o que muita gente canta quando chega a meia-noite no dia 31 de dezembro. E é também o que todo mundo quer que aconteça em 2020 e em todos os anos. 

Portanto, para “que tudo se realize no ano que vai nascer”, o planejamento financeiro é muito bem-vindo. Planejar é preciso! 

....