Conceição do Coité: Homem vai ao mato fazer “necessidades”, é picado por cobra e morre

edmilsonO agricultor Edmilson Rodrigues Ferreira, 44 anos, morador do Povoado de Serrote, na Região do Distrito de Salgadália – Conceição do Coité, morreu no inicio da tarde de quinta-feira,08, em uma unidade hospitalar na cidade de Serrinha, onde estava internado desde terça-feira,06, depois de ter sido encontrado passando mal em sua casa, dois dias depois não resistiu e veio a óbito e o sepultamento aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira, no cemitério de Salgadália.

De acordo com um amigo identificado por Manoel Rocha Rosa, 53 anos, estavam juntos e por volta das 19h de domingo, ele disse que ia ao mato fazer necessidades fisiológicas, “quando retornou disse que tinha sido picado por algum bicho, não disse qual, a gente voltou ao local e não vimos nada, ele também não me disse que tinha sido cobra, ficamos por ali mais alguns minutos e nem me falou nada nem reclamava fui embora. No dia seguinte, na segunda-feira, ele tinha vendido umas palmas a uma pessoa que foi até sua casa, e ao chegar encontrou passando muito mal, e ele morava sozinho, já que era separado, ao chegar o socorro disse que tinha passado mal a noite toda, quando imaginamos que ele podia ter sido mordido por uma cobra.Se ele me fala que tinha sido mordido por cobra, eu ia usar da técnica antiga para impedir que o sangue circulasse até chegar no hospital, ai podia até salvar”. Lamentou o amigo.

Edmilson foi levado para o Hospital Português , unidade Regional de Coité e de lá transferido para Serrinha, onde foram realizados exames que constataram veneno de cobra, “talvez o tempo que ele ficou em casa sem procurar atendimento médico, foi que complicou ainda mais a situação”, disse outro agricultor que afirmou também que na região ainda é muito comum, embora com quantidade menor, encontrar cobra Jaracuçu e Cascavel, ambas super venenosas.

Menos de 30% das cobras brasileiras são venenosas. O veneno de uma jararaca, cascavel ou coral, porém, pode levar à morte em pouco tempo. Por isso, é importante buscar o socorro o mais rápido possível para que o soro antiofídico possa ser aplicado nas três primeiras horas depois do ataque.

*As informações e fotos são do Calila Notícias