Dançarinas do É o Tchan gravam vídeo detonando Compadre Washington e o grupo

tcUm vídeo gravado pelas dançarinas Joyce Mattos e Zanza Pereira, do grupo É o Tchan! e que está fazendo o maior sucesso na internet,  mostra as reclamações e críticas que elas fazem, alegando terem sido expulsas do palco e relatam que não são bem tratadas pelos outros integrantes do grupo, em especial pelo Compadre Washington, nome citado na crítica.

“É uma e pouco da manhã e nós fomos colocadas para fora do palco porque existe uma linha no palco, que é é uma coisa incondicional de se dançar porque fica em cima dos músicos”, diz Joyce, que ainda reclamou de não ter tido aumento de salário. “Sempre fomos humilhadas. Além das humilhações, a gente tem a humilhação também de não ir pra televisão. Sendo que quando a banda estava morrendo, a gente ia para a televisão. Recebemos a mesma remuneração há cinco anos.”

“Cresceu a visibilidade da banda e o número de shows, mas continuamos ganhando a mesma coisa”, endossou Zanza. “Fomos expulsas do palco porque não obedecemos de dançar na linha, uma linha esta que não tem condições de ser obedecida por ser em cima dos nossos colegas de trabalho. Se a gente fizer um movimento de braço, a gente agarra no instrumento e machuca.”

tchan joyce

Joyce, que assim como Zanza, estava no ônibus durante a gravação do vídeo, fez questão de deixar claro que a culpa era de Compadre Washington e de que iria reclamar se não recebesse o cachê por aquele show. “A produção mais o cantor, o Compadre Whashing no caso, foi o culpado porque não estava feliz. Se descontarem meu cachê serei obrigada a fazer essa denúncia.”

Veja a íntegra completa do depoimento das duas:

Fonte: Agora na Bahia