Deputados baianos aprovam pensão de R$ 12 mil para Jaques Wagner até o fim da vida

MarceloO polêmico Projeto de Emenda Constitucional (PEC), que cria pensão vitalícia para ex-governadores que tenham exercido, no mínimo, dois anos de mandato, foi aprovado por unanimidade na noite desta terça-feira (25) pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

A PEC foi proposta pelo atual presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT), que foi duramente criticado por colegas já que a finalidade da proposição seria beneficiar exclusivamente o governador Jaques Wagner (PT), 63, cuja o pedetista tem uma imensa gratidão, já que comanda o Legislativo baiano há oito anos com o aval do próprio líder petista. O governador deixa o cargo no final de dezembro próximo.

“O momento é inoportuno. A atividade política no momento, com um monte de escândalos, torna-se inoportuno. O projeto deveria ser votado em outra oportunidade. Na outra Legislatura”, criticou o vice-líder da Oposição, deputado Carlos Gaban (DEM). A PEC foi aprovado por unanimidade. (Com informações do Bocão News)