BLOG DO DEUSIMAR POSTANDO UMA LINDA E LÓGICA LENDA CHINESA.

LENDA CHINESA.

É IMPRESSIONANTE! EU NUNCA VÍ UMA EXPLICAÇÃO TÃO LÓGICA E LINDA SOBRE O PORQUÊ DE SE USAR ALIANÇA NO QUARTO DEDO DA MÃO ESQUERDA… LEIAM, POIS VALE MUITO À PENA SABER!Uma lenda chinesa conseguiu explicar de uma maneira bonita e muito convincente:

Os polegares representam os pais. Os indicadores representam teus irmãos e amigos.O dedo médio representa a você mesmo. O dedo anelar (quarto dedo) representa o seu cônjuge. O dedo mindinho representa seus filhos. Agora junte suas mãos palma com palma, depois, une os dedos médios de forma que fiquem apontando a você mesmo, como na imagem….

Agora tenta separar de forma paralela seus polegares (representam seus pais) você vai notar que eles se separam porque seus pais não estão destinados a viver com você até o dia da sua morte, una os dedos novamente.
Agora tenta separar igualmente os dedos indicadores (representam seus irmãos e amigos), você vai notar que também se separam porque eles se vão, e tem destinos diferentes como se casar e ter filhos.

Tente agora separar da mesma forma os dedos mindinhos (representam seus filhos) estes também se abrem porque seus filhos crescem e quando já não precisam mais de nós se vão, una os dedos novamente.

Finalmente, tente separar seus dedos anelares (o quarto dedo que representa seu cônjuge) e você vai se surpreender ao ver que simplesmente não consegue separá-los. Isto se deve ao fato de que um casal está destinado a estar unido até o último dia da sua vida, e é por isso que o anel se usa neste dedo.
Gostou? Compartilha!

COLABORAÇÃO E COMPLEMENTOS DOS:
d1

1 Comentário on BLOG DO DEUSIMAR POSTANDO UMA LINDA E LÓGICA LENDA CHINESA.

  1. FLORISVALDO FERREIRA DOS SANTOS // 23 de janeiro de 2015 em 19:33 // Responder

    Deusimar e demais amigos, boa noite!

    Esta lenda tem tudo a ver!

    Alias, as lendas chinesas (a pesar de lendas), nos transportam para um mundo do quase para o realismo.

    Tem outra lenda, também Chinesa que seria muito bom a humanidade a praticasse. Vejam:

    “Há muito tempo, uma moça chamada Lili se casou e foi viver com o marido e a sogra.
    Depois de alguns dias, passou a não se entender com a sogra.
    As personalidades delas eram muito diferentes e Lili foi se irritando com os hábitos da sogra, que frequentemente a criticava.
    Meses se passaram e Lili e sua sogra cada vez mais discutiam e brigavam.
    De acordo com antiga tradição chinesa a nora tinha que se curvar à sogra e obedecê-la em tudo.
    Lili, já não suportando mais conviver com a sogra, decidiu tomar uma atitude e foi visitar um amigo de seu pai.
    Depois de ouvi-la, ele pegou um pacote de ervas lhe disse:
    – Vou lhe dar várias ervas que irão lentamente envenenando sua sogra. Você não poderá usa-las de uma só vez para se libertar de sua sogra porque isso causaria suspeitas. A cada dois dias ponha um pouco destas ervas na comida dela. Agora, para ter certeza de que ninguém suspeitará de você quando ela morrer, você deve ter muito cuidado e agir de forma muito amigável. Não discuta. Ajudarei a resolver seu problema, mas você tem que me escutar e seguir todas as instruções que eu lhe der.
    Lili respondeu:
    – Sim, Sr. Huang, eu farei tudo o que o que o senhor me pedir.
    Lili ficou muito contente, agradeceu ao Sr. Huang e voltou apressada para casa para começar o projeto de assassinar a sua sogra.
    Semanas se passaram e a cada dois dias Lili servia a comida “especialmente tratada” à sua sogra.
    Ela sempre se lembrava do que Sr.Huang tinha recomendado sobre evitar suspeitas e, assim, controlou o seu temperamento, obedeceu a sogra e a tratou como se fosse sua própria mãe.
    Depois de seis meses, a casa inteira estava com outro clima. Lili tinha controlado o seu temperamento e quase nunca se aborrecia.
    Nesses seis meses, não tinha tido nenhuma discussão com a sogra, que agora aparecia mais amável e mais fácil de lidar.
    As atitudes da sogra também mudaram e elas passaram a se tratar como mãe e filha.
    Um dia, Lili foi novamente procurar o Sr. Huang para pedir-lhe ajuda e disse:
    – Querido Sr. Huang, por favor, me ajude a evitar que o veneno mate minha sogra. Ela se transformou numa mulher agradável e eu a amo como se fosse minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que eu lhe dei.
    Sr. Huang sorriu e acenou com a cabeça.
    – Lili, não precisa se preocupar. As ervas que eu dei eram vitaminas para melhorar a saúde dela. O veneno estava na sua mente e na sua atitude, mas foi jogado fora e substituído pelo amor que você passou a dar a ela.
    Na China existe uma regra dourada que diz:
    “A pessoa que ama os outros também será amada”.
    Na grande parte das vezes, recebemos das outras pessoas o que damos a elas… Por isso tenha cuidado!!! Lembre-se sempre:
    O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória.
    Por isso, tenha cuidado com o que planta!”

    Florisvaldo Ferreira dos Santos
    Consultor de Seguros e Benefícios

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.