O PADRE E O SECADOR DE CABELO

zttUma Senhora muito distinta estava num avião vindo da Suíça. Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:

– “Desculpe-me, padre, posso lhe pedir um favor?”
– “Claro, minha filha, o que posso fazer por você?”
– “É que eu comprei um novo secador de cabelo sofisticado, muito caro. Eu realmente ultrapassei os limites da declaração e estou
preocupada com a Alfândega. Será que o Senhor poderia levá-lo debaixo de sua batina?
– “Claro que posso, minha filha, mas você deve saber que eu não posso mentir!”
– “O Senhor tem um rosto tão honesto, Padre, que estou certa que eles não lhe farão nenhuma pergunta”. E deu-lhe o secador.
O avião chegou a seu destino.

Quando o padre se apresentou à Alfândega, perguntaram-lhe:

– “Padre, o senhor tem algo a declarar?”

O padre prontamente respondeu:
– “Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a declarar, meu filho.”
Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou:
– “E da cintura para baixo, o que o Senhor tem?”
– “Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado ao uso doméstico, em especial para as mulheres, mas que nunca foi usado.”
Rindo-se, o fiscal exclamou:
– “Pode passar, Padre! O próximo…”A inteligência faz sempre a diferença.Não é necessário mentir, basta usar as palavras certas no momento certo.

1 Comentário on O PADRE E O SECADOR DE CABELO

  1. kkkkkkkkkkkk, gostei dessa, realmente as vezes nao é preciso agrava as coisas para mentir… o certo é simplismente achar uma forma inteligente pra omitir.

Deixe uma resposta para junior Cancelar resposta

Seu e-mail não será publicado.


*


Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.