Empregos: Governo da Bahia abre 6.145 vagas para professores de escolas da rede estadual

professorO Governo da Bahia, por meio da Secretaria da Educação, publicou edital, na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (4), com a oferta de 6.145 vagas para as funções de professor da Educação Básica, da Educação Profissional e de professor indígena nas unidades escolares da rede estadual.

O Processo Seletivo Simplificado, por tempo determinado de até 24 meses e possibilidade de renovação por igual período uma só vez, objetiva à contratação dos professores pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Conforme o edital, 4.616 vagas destinam-se a docentes do ensino básico, 1.282 (docentes da Educação Profissional) e 247 (professor indígena). Havendo necessidade e interesse da Administração e disponibilidade orçamentária, o número de vagas previsto no edital poderá ser ampliado.

Das vagas oferecidas no prazo de validade do processo seletivo, 30% são reservadas a candidatos negros, em cumprimento ao disposto no Artigo 49 da Lei estadual nº 13.182 de 06/06/2014, bem como às disposições do Decreto estadual nº 15.353 de 08/08/2014.

O processo seletivo será executado pela Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos Ltda. (Consultec), empresa contratada conforme o Processo Administrativo nº 0031857-6/2015, publicado no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (3).

Inscrições e provas

As inscrições podem ser feitas das 8h do próximo dia 11 até a zero hora de 26 de junho no site da Consultec. Para se inscrever o candidato deve obrigatoriamente utilizar o número do CPF e o documento de identificação.

A aplicação das provas está prevista para 26 de julho de 2015, em horário, turno e locais informados no Cartão de Convocação disponibilizado no site. A data pode ser alterada em decorrência da disponibilidade de local para realização das provas.

Como estabelece o edital, o prazo de validade da seleção é de um ano, contado da data da homologação, podendo antes de esgotado esse prazo, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração, por ato expresso do secretário da Educação, Osvaldo Barreto.