“Eu sou feliz sendo prostituta”, diz campanha do governo em homenagem ao dia da profissão

    IMAGEM_MARKETING_5Em homenagem ao Dia das Prostitutas, comemorado no último domingo (2), o Ministério da Saúde lançou nas redes sociais uma campanha para diminuir o estigma em torno dessas profissionais e orientá-las sobre as formas de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis.

    Entre fotos e vídeos que compõem a iniciativa, uma em especial vem gerando polêmica e discussão na web. Na imagem, divulgada pelo Governo Federal, a gaúcha Nilce Machado enfrenta o senso comum com a seguinte frase: “Eu sou feliz sendo prostituta”.

    Essa e outras peças foram desenvolvidas durante uma oficina para profissionais do sexo, realizada entre 11 e 14 de março em João Pessoa, na Paraíba, onde também foram produzidos dois vídeos sobre o preconceito sofrido pelas prostitutas no Brasil.