Euclidense morre em atentado em São Paulo

morte-regis_02O crime aconteceu por volta das 21h30 deste último sábado (26), no bairro da Lapa, Zona Oeste de São Paulo. O euclidense Reginaldo Xavier da Silva, conhecido popularmente como Regis, é a vítima fatal de um crime que até então tem motivação desconhecida.

Segundo informações colhidas, Reginaldo foi assassinado dentro do próprio carro que estava estacionado na frente de um dos seus bares que já estava fechado, perto da sua residência. A vítima foi atingida por um dos vários disparos de arma de fogo que também perfuraram a lataria do carro, e ainda conseguiu dirigir seu veículo por um quarteirão de uma rua, mas bateu o carro, sendo socorrido para um hospital onde morreu instantes depois.

morte-regis_01De acordo com informações do portal R7.com, ninguém viu o que realmente aconteceu, e uma testemunha teria visto apenas a fuga dos suspeitos que estavam encapuzados. As informações da reportagem indicam que nenhum bem foi levado pelos bandidos e que os tiros foram ouvidos pela esposa.

Reginaldo tinha 50 anos, morava em São Paulo há muitos anos, onde conseguiu prosperar seus negócios como dono de bares. Era casado com Simone, com quem tinha duas filhas menores de idade.

Moradores do povoado de Soares, zona rural de Euclides da Cunha, onde grande parte dos familiares mora; além dos parentes na cidade de Euclides da Cunha e em São Paulo, estão comovidos com a morte de um conterrâneo que oportunamente visitava a comunidade e seus familiares. (Com informações do Euclidesdacunha.com)