Feira de Santana: Dois assaltantes de banco morrem e quatro são presos em operação

87189-3Dois homens morreram e quatro foram presos nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (29), após furarem o bloqueio policial no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizado no km 172 da BR-101, no distrito de Humildes, em Feira de Santana. A operação, iniciada na noite de ontem, foi comandada pelo major Marco Aurélio, do Cipe Litorial Norte, com base na cidade de Esplanada.

Segundo a polícia, cerca de sete homens estavam em dois veículos, quando desobedeceram a ordem de parar ao passarem pelo ponto de fiscalização durante operação da PRF com o apoio de policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado/Litoral Norte (Cipe –LN). Houve perseguição e troca de tiros na rodovia sentido Cruz das Almas.

87184-3Durante a ação, o veículo Siena branco, de placa OZP-7401 (placa fria), capotou próximo à Fazenda Canaã, em Humildes, e mais à frente, o veículo Versa prata, de placa NZV-6610, licença de Muritiba (BA), que foi tomado de um aposentado, também capotou próximo a São Gonçalo dos Campos.

Dois deles ficaram feridos e foram socorridos para o Hospital de São Gonçalo por volta das 7h, mas não resistiram. Outros quatro foram presos e conduzidos ao Complexo de Delegacias de Feira de Santana, onde serão autuados em flagrante, e um continua foragido. Não foi informado se a causa das mortes foi devido ao acidente ou troca de tiros.

87191-3“Um dos veículos foi utilizado para tentar assaltar uma agência da Caixa Econômica em Muritiba, semana passada. Eles estavam retornando essa semana, para fazer uma explosão no Recôncavo, a gente ainda não sabe o local. Na abordagem, mandamos que o pessoal parasse e para nossa surpresa não parou e investiu contra as guarnições. Houve troca de tiros intensa. Nós acompanhamos esses veículos e eles acabaram capotando. Nós fizemos uma varredura no local e acabamos apreendendo as armas. Eles adentraram o mato e no decorrer da madrugada encontramos os que foram alvejados”, relatou o sargento Lins, em entrevista ao Acorda Cidade.

87194-3

As informações e fotos são do Acorda Cidade