Feira de Santana: Jovem confessa ter ateado fogo em ex “só me arrependo por causa da minha sogra”

32063-3O jovem de 20 anos confessou ter queimado a namorada de 14 anos com gasolina e afirmou, nesta quarta-feira (26), que foi motivado por ciúmes de um homem chamado de “Gordo”, com quem ela teria saído.

A agressão aconteceu na casa dele, no bairro Conceição II, em Feira de Santana, no sábado (22), e a vítima teve 82% do corpo afetado. Ele foi preso por volta das 11h. “Só me arrependo por causa de minha mãe e da mãe dela, que eu gostava muito”, disse.

De acordo com Ronaldo Santos de Jesus, ele estava bebendo no bar com o primo da vítima no momento em que ela chegou, falou com eles e saiu com o “Gordo”. “Saí de madrugada e minha mãe disse que ela passou lá na minha casa e eu não estava. De manhã, fui na casa dela, disse ‘bora lá pra casa’, ela toda vomitada, bêbada… Dormiu mais eu… A mãe e os irmãos dela foram lá, quando ela disse que ia sair. E eu, ‘fica mais, você saiu ontem o dia todo’. E ela disse: ‘vou ali fazer tatuagem no Palminho’. Meu tio tem uma moto, tinha um pouco de gasolina e ela pegou para me ‘rumar’. Peguei e fósforo e falei: ‘me ruma e bota fogo’. Ela não teve coragem. Eu fui, tomei da mão dela, abri o garrafão, comecei a rumar. Ela disse: ‘para, para’. E eu: ‘toma aí o teu’. Risquei o fósforo, joguei, virei as costas e saí”, descreve o suspeito.

Segundo ele, sua mãe e irmão ajudaram a apagar o fogo do corpo da adolescente e, depois, ela chegou a correr atrás dele.

“Disse que gostava de mim e que não tinha acontecido nada entre ela e ‘Gordo’. Fui na casa dela, ela me abraçou”, afirma.

A garota continua internada na UTI do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, com queimaduras de segundo grau.

A paciente está em coma induzido por sedação, com uso de ventilação mecânica e medicações para estabilidade hemodinâmica. A garota chegou ao hospital no dia 23 de março, com queimaduras no pescoço, cabeça, tórax, abdômen, braços e pernas.

Informações do G1/BA (Foto: Acorda Cidade)