QUIVER SOLUÇÕES – CORRETORES DE SEGURS: A TECNOLOGIA VAI SUBSTITUIR ESTA PROFISSÃO?

0
98

Foto 1Desde os tempos da Revolução Industrial, no século XVIII, a evolução tecnológica e transformações dos meios de produção acendem o debate de que o avanço da tecnologia irá substituir as pessoas no mercado de trabalho.

Hoje em dia, em um mundo completamente conectado e caminhando a passos largos para a criação de uma inteligência artificial cada vez mais autônoma e eficaz, muitos profissionais preocupam-se com o que o futuro pode reservar para suas profissões, incluindo os corretores de seguros. Um exemplo claro disso é o atendimento cada vez mais frequente realizado por ‘chatbots’ e robôs virtuais.

Foto 2Mas afinal, a tecnologia pode substituir os corretores de seguros?

A resposta para esta pergunta varia de acordo com o quanto você está disposto a se atualizar e captar as oportunidades neste novo cenário.

O mercado de trabalho é um ambiente volátil e, assim como na natureza, prevalece a lei de quem possui maior capacidade de adaptação. Neste novo cenário tecnológico, o corretor de seguros precisa estar mais atualizado do que nunca para captar oportunidades contando com o auxílio de tecnologias que facilitam o seu trabalho.

Por isso, é fundamental que você:

1 – Invista na sua carreira: Hoje em dia, as mudanças no mercado de trabalho acontecem depressa e quem não acompanha seu movimento na mesma velocidade acaba perdendo relevância. Por isso, mantenha-se sempre atualizado sobre as tendências da sua carreira profissional, modernize-se com cursos, invista em técnicas de vendas e esteja em contato com pessoas relevantes das suas áreas de interesse, participando de eventos, por exemplo.

2 – Estude o mercado de seguros: Acompanhar empresas ou pessoas influentes na área e estar informado sobre as notícias do mercado de seguros (e outros mercados também) é fundamental para compreender tendências e estabelecer estratégias de vendas. Antever as necessidades de seus clientes fará com que eles vejam você com outros olhos!

3 – Valorize relacionamento com o cliente: Estudos realizados pela empresa Verint revelaram que 79% dos consumidores ainda preferem se relacionar com empresas que possuem o atendimento humano e 83% dos entrevistados acreditam que falar com uma pessoa sempre será uma parte importante na tratativa. Isso acontece, pois a necessidade de estabelecer relações é inerente ao ser humano. Por isso, contate seus clientes para saber de sua satisfação com os serviços, esteja sempre atento a datas importantes, notifique-os sobre prazos, vencimentos de contrato, e trate suas demandas com atenção.

4 – Tenha empatia: Essa é, com certeza, uma das competências em que o ser humano mais se destaca em relação às máquinas. Colocar-se no lugar do seu cliente, ajudá-lo com soluções eficientes e ter agilidade para resolver eventuais problemas reforçam o cuidado em entender o que se passa do outro lado e contribui para uma longa parceria.

5 – Utilize a tecnologia ao seu favor: Além de habilidades comportamentais, é fundamental contar com aparatos tecnológicos para facilitar o dia a dia de trabalho. Utilize ferramentas para diminuir processos repetitivos, organizar apólices, realizar cálculos complexos e invista seu tempo no que realmente importa: a satisfação de seus clientes.

Para concluir, você deve ter em mente que a tecnologia não é sua ‘concorrente’, mas sim, uma aliada para o crescimento dos negócios. Utilizando-a ao seu favor, você se torna cada vez mais relevante e indispensável para seus clientes.

Foto 6Conheça as soluções para corretoras da Quiver e veja agora mesmo como podemos contribuir com o crescimento de sua corretora.

Fonte: https://www.segs.com.br – Crédito das Imagens: www.freepik.com (Divulgação)

 

Blog do Florisvaldo – Informação Com Imparcialidade – 10/11/2020

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.