Fiel Torcedor do Corinthians dentro de campo, Lucca vibra com o “banco de loucos”

a2951f98352_1O mosaico exibido pelos torcedores na Arena Corinthians antes da vitória do Timão por 2 a 0 contra o Cerro Porteño, na noite de quarta-feira, pela Libertadores, pedia ao grupo de jogadores: “jogai por nós”. Lucca, jogador e torcedor alvinegro, levou ao pé da letra e foi decisivo, marcando um gol e cruzando para o segundo, marcado contra a própria meta por Mareco.

Nascido em Alto Parnaíba, no Maranhão, Lucca se mudou quando tinha um ano para Palmas, no Tocantins. E desde sempre, era corintiano. No ano passado, ficou famoso um vídeo gravado em 2007 em que ele, ainda garoto, foi alvo de piadas pelo rebaixamento do clube no Brasileiro. Hoje, ele se sente um representante da torcida no campo.

– Não consigo explicar (como é fazer um gol na Arena Corinthians). É difícil falar, porque gol é sempre muito bom, ainda mais no clube que a gente gosta, em que estou me sentindo bem. Não sei explicar com palavras, está sendo maravilhoso. Espero continuar assim por muito tempo.

O mosaico, segundo Lucca, foi “de arrepiar”. Mas há uma canção entoada pelos torcedores em todos os jogos do Timão que faz com que ele se motive e se empolgue ainda mais nos jogos.

rib1035_1

– Um grito que gosto desde criança é “aqui tem um bando de loucos”. Isso para mim é marcante, eu gosto – disse ele, que acumula dois gols na Libertadores, a primeira de sua carreira.

Emprestado pelo Criciúma até maio, o jogador está prestes a ser comprado pelo Corinthians,que deve investir em, pelo menos, 50% dos seus direitos econômicos. Hoje, o Tigre tem 65% dos direitos, enquanto o Cruzeiro tem o resto. A última oferta foi de R$ 4,5 milhões.