Designs projetam o Chevrolet Opala Diplomata 2019

Durante longos anos o Chevrolet Opala foi um ícone do mercado automorfístico nacional, nascido em meados de 1968 e “aposentado” injustamente em 1992, o Opala se tornou um simbolo apreciado por três gerações desde quando foi apresentado oficialmente no Salão Automóvel de 1968.

Até hoje o Opala ainda possui uma legião de fãs no país, e todos adorariam vê-lo novamente nas lojas de zero-km. Após uma enquete feita pelo Jornal do Carro com informações de apaixonados, um grupo de designs resolveram montar uma projeção do carro que todos gostariam de ver novamente em dias atuais, tudo não passa de um sonho, porém não custa nada sonhar em um dia ver o lendário Opalão de volta.

Renato Aspromonte fez uma projeção de como poderia ser o Opala nos dias atuais. Ele escolheu a versão Diplomata, topo de linha desde o início dos anos 1980.

Foto reprodução

O designer e publicitário Renato Aspromonte afirmou que, a base de inspiração veio da nova geração do sedã Impala, lançado em 2012 nos EUA. Não foi necessário mudar muito coisa, afinal o carro já tem porte de Opala. Eles preferiram manter o formato de grades e faróis do “Opalão” de 1990, assim como a traseira, com lanternas fumês unidas por um aplique de plástico.

Foto reprodução

O Jornal do Carro ainda sugeriu que a motorização poderia ser emprestada do parente norte-americano, de modo que, o Diplomata retornaria às ruas com um bloco 3.6 V6 de generosos 307 cv, com transmissão automática de seis marchas.

Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução

....

COMPARTILHAR