Homem é morto em ambulância a caminho do hospital

24341-2A sensação de ter sobrevivido a uma tentativa de morte durou pouco mais de 2 horas para Joselito de Jesus Marques, 19 anos, morador na localidade de Largo, em Irará. Ele e outro jovem, ainda não identificado, foram raptados durante a madrugada e levados para uma estrada vicinal no distrito de Tiquaruçu, em Feira de Santana, próximo à divisa com o município de Santanópolis.

No local, Joselito e a segunda vítima foram atingidas por tiros na cabeça, deflagradas por homens também não identificados. Mesmo gravemente ferido, Joselito se fingiu de morto e, em seguida, conseguiu de desatar de um pano que o prendia, andou por cerca de um quilometro até ser socorrido para o Hospital Municipal de Santanópolis. A segunda vítima morreu no local.

24343-3Devido à gravidade dos ferimentos, o médico solicitou que uma ambulância do município levasse Joselito até o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, mas no meio do caminho, na estrada de Santanópolis, a ambulância foi interceptada por quatro homens em duas motocicletas que terminaram de matá-lo.

De acordo com o motorista da ambulância, Gilson Cerqueira Lima, os criminosos, com armas em punho mandaram parar a ambulância que seguia em alta velocidade. “Me mandaram parar, deitar no chão e ficar quieto, assim eu fiz e só ouvi os estampidos, logo depois fugiram sentido BR-116/Norte”, contou.

Fonte: Jornal Folha do Estado (Fotos: Mário Sepúlveda)