Integrante do grupo Calcinha Preta morre em acidente na BR-101 na Bahia

60629-2O assistente administrativo da banda Calcinha Preta, Wesley Cristan da Silva Santos, morreu na madrugada desta quarta-feira (25), após sofrer acidente de carro na BR-101, entre os municípios de Entre Rios e Alagoinhas. Com o impacto da batida, a vítima teve traumatismo craniano, além de fraturas nas pernas. O acidente ocorreu no km-78, na segunda-feira (23).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo onde estava Wesley saiu da pista e capotou. Ainda segundo o órgão, animais na pista podem ter ocasionado o acidente.

Alexandre Sopa, empresário da banda Calcinha Preta, contou que Wesley foi levado para o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas, onde ficou por dois dias antes de ser transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho, em Aracaju.

A assessoria de imprensa da banda revelou que o Hospital Dantas Bião não tinha disponível um tomógrafo, e que, por isso, a banda juntamente com a família resolveu transferir Wesley para Aracaju, onde morreu.

A assistência social do Hospital Dantas Bião confirmou que o tomógrafo está quebrado já há algum tempo e que geralmente encaminham os pacientes para um outro hospital. Entretanto, ele não pôde ser levado para a unidade porque o aparelho também estava com defeito. Por isso, o paciente foi mantido no Dantas Bião.

O G1 entrou em contato com o Hospital João Alves Filho, em Aracaju, mas a assistência social da unidade informou que só teria acesso ao prontuário de Wesley na manhã desta quinta-feira (26). As informações são do G1.