Juiz Federal sofre sequestro relâmpago em Feira de Santana

48975-2Um Juiz Federal do Trabalho foi vítima de um sequestro relâmpago na última quinta-feira (14), em Feira de Santana. Marcos Nunes Vitório foi levado por dois homens armados que entraram em seu veículo, um Tucson prata, quando tentava estacioná-lo na Rua Alcides Fadiga, bairro Coronel José Pinto, após sair do Forúm da Avenida João Durval Carneiro.

De acordo com a delegada Mônica Soares ao Jornal Correio, o juiz foi obrigado a passar para o banco de trás por um dos assaltantes, enquanto outro assumiu o volante e ficou dando voltas pela cidade. Ainda de acordo com a delegada, os bandidos o ameaçaram e exigiram a quantia de R$ 10 mil para que fosse solto.

O juiz ainda tentou fugir pela porta traseira, mas foi agredido antes de completar a ação. No entanto, após serem informados pela vítima que se tratava de um juiz de federal, os ladrões ficaram assustados e decidiram soltá-lo em uma estrada de Oliveiras dos Campinhos, localidade de Santo Amaro da Purificação.

Com ferimentos na boca e na cabeça, o juiz foi socorrido por moradores da região e prestou queixa em um posto da polícia militar. Foram roubados da vítima R$ 500 em dinheiro, um celular, uma corrente e pulseiras de ouro, um paletó e alguns processos trabalhistas que estavam no fundo carro. Marcos Nunes Vitório é lotado na quinta região de Feira e atua na Justiça do Trabalho desde 2006. (Acorda Cidade)