Milionário é inocentado de estupro com a desculpa de que “caiu e penetrou jovem acidentalmente”

ehsan-abdulaziz-acusado-de-violaci-nUm milionário saudita que vive em Maida Vale, distrito residencial de Londres (Inglaterra), foi inocentado de acusação de estupro argumetando que “caiu e penetrou acidentalmente” uma jovem de 18 anos.

O empresário Ehsan Abdulaziz, de 46 anos, conheceu a jovem e uma amiga dela, de 24 anos, na boate Cirque le Soir em agosto do ano passado. O milionário convidou as duas mulheres para o seu luxuoso apartamento. O trio se dirigiu ao local a bordo do Aston Martin do saudita.

Após consumirem bebida alcoólica, contou o “Independent”, Ehsan levou a mulher de 24 anos para uma suíte. Os dois fizeram sexo. Ao sair do quarto, o saudita encontrou a outra visita deitada em um sofá.

Segundo a versão de Ehsan, a jovem de 18 anos tentou seduzi-lo e o puxou. O empresário argumentou que caiu e acabou penetrando por acidente a visita. Segundo ele, o pênis estava, provavelmente, saindo da cueca.

A jovem de 18 anos apresentou outra versão: a de ter acordado com Ehsan sobre ela tentando penetrá-la.

Investigação encontrou sêmen de Ehsan na vagina da jovem, mas o saudita afirmou que era resultado da relação sexual com a mulher de 24 anos.