Ministério Público pede prisão de atacante do Corinthians

    IMAGEM_NOTICIA_5O Ministério Público Federal no Estado do Rio de Janeiro pediu a condenação  do jogador Márcio Passos de Albuquerque, conhecido como Emerson “Sheik”, atualmente no Corinthians, por contrabando de dois carros importados ilegalmente dos Estados Unidos.

    A investigação apontou que os automóveis chegaram ao Brasil por valores abaixo aos de mercado, o que indica origem ilícita da comercialização.  Na mesma decisão, o MPF pediu a suspensão do processo contra Rodrigo Oliveira de Bittencourt, o Diguinho, do Fluminense. O atleta era acusado de receptação por comprar um carro do atacante corintiano.

    A decisão do processo deve ficar a cargo da Justiça Federal. Caso seja condenado, Emerson pode pegar uma pena de até quatro anos de prisão.