MST invade fazenda em valente e pede reforma agrária

DSC01083Um grupo com cerca de 400 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) dos municípios de Santaluz, Valente e Conceição do Coité ocupou a Fazenda Marruaz, localizada próximo ao povoado de Itareru, na zona rural do município de Valente.

Eles chegaram à propriedade na madrugada desta quinta-feira (16) e pedem a desapropriação da área para que seja realizada a reforma agrária. Segundo informações, o proprietário da fazenda é natural de Conceição do Coité, mas reside em Salvador. Nesta quarta-feira (11), os representantes do movimento se reuniram com o promotor público e um oficial de justiça de Conceição do Coité. Uma nova reunião está marcada para terça-feira (21) e deverá contar com a presença do juiz de direito da comarca de Coité, entre outras autoridades.

Em contato com o Notícias de Santaluz, um dos líderes do movimento declarou que as reuniões com as autoridades estão sendo consideradas um grande avanço. Ele ainda disse que a ocupação está sendo feita de forma pacífica e ordeira. “É uma área de aproximadamente 3,4 mil tarefas, que está improdutiva e tem que ser destinada a quem precisa. Erguemos nossos barracos e não temos a intenção de sair da propriedade. Em poucos dias, teremos mil famílias aqui”, declarou.

De acordo com o movimento, cerca de 240 famílias estão acampadas em barracos de lona e palha, erguidos na propriedade. O Notícias de Santaluz tentou entrar em contato com o proprietário da fazenda, mas ele não foi localizado.

As informações e foto são do site Notícias de Santaluz