Mulher inala fumaça de protestos quando seguia para o trabalho e tem série de ataques cardíacos

Uma mulher foi internada em estado grave no Hospital Risoleta neves, em Belo Horizonte (MG), após inalar fumaça em um protesto nesta sexta (14). Moradora de Edi Alves Guimarães, de 53 anos, seguia para o trabalho de ônibus.

De acordo com informações da Polícia Militar de BH, o incidente ocorreu por volta das 6h40 (Brasília), quando um protesto fechou o trânsito na Avenida Antônio Carlos, na Pampulha.

Reprodução/TV Globo

Manifestantes atearam fogo em pneus para impedir a passagem de veículos e as chamas provocaram muita fumaça. O ônibus onde Edi estava era o primeiro em frente à manifestação e, por isso, foi um dos mais afetados.

Socorrida por militares, ela teve duas paradas cardiorrespiratórias dentro da viatura dos policiais. A mulher chegou em estado grave ao hospital, onde foram tomadas medidas para reanimar-la.

“Ela está na sala de emergência e aguarda uma vaga para ser transferida para o CTI”, afirmou Arthur Alberto Braga Guimarães, coordenador do pronto-socorro do Hospital Risoleta Neves.

....