“O Outro Lado do Paraíso”: Rato ameaça contar crimes de Sophia. “Quero grana”

Sophia (Marieta Severo) será colocada contra a parede por Rato (Cesar Ferrário) na novela “O Outro Lado do Paraíso”. O homem que até então vem ajudando a vilã a executar seus crimes na trama da nove, como no atentado contra a juíza Raquel (Erika Januza), vai ameaçar contar todos os segredos da patroa caso ela não lhe dê uma grande quantia em dinheiro.

RATO RECLAMA DE BONIFICAÇÕES DADAS POR SOPHIA

Foto reprodução

De acordo com o “Observatório da Televisão”, o jagunço que tentou explodir o delegado Vinícius (Flávio Tolezani) dentro de uma mina leva Sophia para um papo a sós no bar. “Aqui a gente conversa melhor. Nessa mesa afastada ninguém ouve o que a gente falar”, explica ele. “Está de tanto segredo, Rato. O que há?”, questiona a madame. “É muito simples. Eu passei todos esses anos cometendo os crimes pela senhora… Até a juíza atropelei”, inicia. “Deu muito certo. E daí?”, fala Sophia, estranhando a conversa. “Daí que sempre ganhei merreca. Me arrisco e fico com as sobras”, declara Rato.

CAPANGA DIZ TER GUARDADO PROVA DE CRIME COM DIGITAL DA PATROA

Sophia, já entendendo o objetivo do encontro, pergunta onde o funcionário quer chegar e Rato relembra os crimes da patroa. “Dona Sophia matou aquela prostituta a tesourada… Aposto que acabou com o Laerte (Raphael Vianna) do mesmo jeito”, diz. A mãe de Lívia (Grazi Massafera), Gael (Sergio Guizé) e Estela (Juliana Caldas) diz não estar gostando da conversa, mas o criminoso não recua: “Vai gostar menos ainda. Eu prometi sumir com o lençol, a tesoura que matou a moça. As pistas”. “Foi o combinado. Disse que ia queimar o lençol”, concorda Sophia. Rato, então, revela: “Não queimei… Tá escondido com a tesoura. Aquele dia disse que tava com a mão destroncada. Foi pra senhora ajudar a enrolar a moça no lençol. Suas digitais tão lá”.

‘QUERO ESSE DINHEIRO. EM TROCA, EU SUMO’

Nervosa ao constatar que está nas mãos de Rato, Sophia questiona o que ele deseja. “Uma grana. To apaixonado por uma mulher. Quero grana suficiente pra comprar uma fazenda de soja”, diz o homem, deixando a vilã em choque ao mostrar o valor e ameaçando tornar tudo público caso ela não cumpra com o que ele pede. “Se fizer isso, vai ser preso como cúmplice. Posso falar do atropelamento”, tenta reagir a amante de Mariano (Juliano Cazarré). “Só vai se enrolar mais. Se me mete na história, faço a caveira da senhora… Quero esse dinheiro. Em troca, eu sumo e deixo as provas na tua mão”, promete. Tentando negociar, ela diz que precisa de tempo devido ao valor do montante e diz que os dois devem ir juntos ao banco para ela fazer a transferência. “O banco não fecha no fim da tarde?”, questiona Rato ao estranhar o horário combinado pela chefe. “Não pra uma cliente como eu. O próprio gerente ficará de plantão. Fazemos o acordo discretamente. Pro teu bem e pro meu, ninguém deve desconfiar”, explica ela. O jagunço pergunta se a mulher malvada não pensa em aprontar algo contra ele, mas Sophia garante: “Estou nas tuas mãos. Não esperava isso de você. Mas se promete sumir depois, fazemos negócio”.

(Por Carol Borges)

....

COMPARTILHAR