Polícia Federal descobre grupo que fazia cirurgias “fictícias” para desviar verbas do SUS no interior da Bahia

A Operação “Agentes Nocivos”, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (26), cumpre dois mandados de busca na sede da Secretaria Municipal de Saúde e no Hospital Municipal da cidade de Guaratinga, região sul do estado.

A ação investiga um grupo suspeito de fazer cirurgias e outros procedimentos médicos “fictícios” na unidade de saúde. Segundo a investigação da PF, os procedimentos médicos não foram realizados de fato, mas foram pagos com recursos do SUS.

750 bahia guaratinga desvio verbas sus operacao agentes nocivos 201842611146306
Foto reprodução

Conforme as investigações da PF, as verbas foram repassadas para o custeio da saúde na prefeitura de Guaratinga e desviados ilicitamente em benefício dos investigados, que não tiveram os nomes divulgados. A quantia em dinheiro supostamente desviada pelo grupo não foi divulgada pela polícia.

Os investigados na operação responderão pelos crimes de organização criminosa e peculato. O nome da operação é uma alusão aos agentes públicos nocivos que causam danos à saúde da população.