Presidente do Timão diz que Pato merece ter chance na Seleção

a2815f93320_1Acostumado às críticas de dirigentes e torcedores do Corinthians desde que se transferiu para o São Paulo, Pato ganhou um aliado de peso na tentativa de voltar a ser convocado pela seleção brasileira. O presidente corintiano Roberto de Andrade valorizou o atacante e disse que ele merece uma vaga entre os convocados de Dunga.

O Corinthians tenta vender Pato para o futebol europeu na próxima janela internacional de transferências, na virada do ano, e por isso passou a tratar com maior carinho seu maior “ativo” e possível fonte de receita a curto prazo. O atacante também se reaproximou da direção alvinegra, que quer vê-lo em voos mais altos.

– Acho que ele teve uma temporada excelente no São Paulo. Para mim, é o melhor jogador do São Paulo. Poderia até ter uma oportunidade na seleção brasileira, mas são critérios do treinador de lá. Ele é um grande jogador – afirmou Roberto.

O clube aguarda propostas e diz não ter nada concreto pelo jogador, apesar de a imprensa europeia ter divulgado o interesse de diversos clubes – o Liverpool seria um dos principais concorrentes pelo atacante.

Com Pato em alta no São Paulo, o Corinthians recorreu ao empresário iraniano Kia Joorabchian, ex-gestor da MSI, para encontrar interessados em contratá-lo. A primeira medida foi valorizá-lo. De € 10 milhões (R$ 43 milhões na cotação atual) por 100% dos direitos, o Timão passou a pedir € 25 milhões (R$ 108 milhões).

rib1442

O Corinthians tem 60% dos direitos econômicos do atacante e espera recuperar pelo menos parte do investimento feito em janeiro de 2013, quando pagou R$ 40 milhões para contar com aquele que deveria ser o principal reforço da equipe após a conquista do Mundial de Clubes.

A postura era outra até pouco tempo atrás. Ex-presidente e atual superintendente de futebol do clube, Andrés Sanchez chegou a dizer que Pato seria emprestado ao Bragantino caso não recebesse propostas. Roberto de Andrade também atacou ao declarar que “rezava todo dia” para que surgissem ofertas pelo jogador.