PSB pretende levar Campos e Marina a 200 cidades até junho

8ea5a0c77b7d9dce31b04225a78e3848Com um discurso em favor de um pacto entre a União, Estados e municípios para combater a violência no País, e uma pregação a favor do crescimento econômico baseado no desenvolvimento sustentável, o pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, e sua companheira de chapa, a ex-ministra Marina Silva, pretendem percorrer as 200 maiores cidades do País até junho. A ideia é que ambos se apresentem à população da maioria desses locais juntos, para que a imagem de Campos, mais desconhecido do eleitorado, possa ser associada à de Marina e por meio dela ampliar sua taxa de conhecimento. No Nordeste, onde Campos é mais conhecido, o ex-governador de Pernambuco deverá fazer a maior parte das viagens sem Marina. A passagem por essas localidades também leva em conta o fato de o PSB ter pouca presença nessas cidades. O partido registrou em 2012 o maior índice de crescimento nas eleições municipais daquele ano, mas esse aumento foi registrado principalmente no Nordeste e em Estados governados pela legenda: Pernambuco, Piauí e Ceará. Nesse último, o governador Cid Gomes manteve-se fiel à presidente Dilma Rousseff e trocou o PSB pelo recém-criado PROS. Das 200 maiores cidades brasileiras, o PSB governa 13, ou pouco mais de 6%. Estão nessa lista três capitais – Recife, Belo Horizonte e Porto Velho -, além das paulistas Campinas e São José do Rio Preto e da paranaense Foz do Iguaçu. “Achamos que a presença física, com entrevista para os meios de comunicação regionais, encontros com os empresários do lugar e reuniões políticas, poderão ser mais proveitosas do que se ficássemos apenas nas capitais”, disse o líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque (RS), um dos coordenadores da campanha à Presidência. (Estadão)