Relato de cubana embasará nova onda de ações contra o programa Mais Médicos

376c1092a301e6b07bf4793da0d75349O presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Geraldo Ferreira, afirmou nesta quarta-feira, 12, que uma nova onda de ações contra o Mais Médicos deverá ser desencadeada nos próximos dias, por sindicatos estaduais.

A ideia é usar como nova munição relatos e documentação apresentada pela cubana Ramona Rodriguez, que semana passada abandonou o programa e pediu refúgio na liderança do DEM.

“A documentação traz claros indícios de que a formação não é a de um médico, mas de um assistente”, disse. Leia mais no Estadão.