Suspeito de estuprar filhas na Bahia morre após ser agredido e abusado na cadeia

estuprador-de-iacuUm preso da Delegacia Territorial (DT) de Iaçu, na Bahia, foi morto após ser agredido por outros detentos na quarta-feira (9). De acordo com o delegado Renato Fernandes, que investiga o caso, o homem tinha 51 anos e estava custodiado desde a terça-feira (8), sob a suspeita de ter violentado a mulher e as filhas de 5 e 13 anos.

Leonidio Carmo de Oliveira dividiu a cela por cerca de 30 horas com outros 9 presos. Segundo a polícia, em represália à violência sexual à qual o suspeito teria submetido a família, os detentos tiraram a calça dele e o agrediram com “chineladas” nas nádegas. Um dos presos ainda confessou ter introduzido um frasco de desodorante no companheiro de cela, informou o delegado.

Leonidio chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Iaçu, mas não resistiu. Os 9 presos que dividiam a cela com o homem foram autuados em flagrante por suspeita de homicídio. O laudo de necropsia realizado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) vai indicar a causa da morte de Leonidio.

Com informações do G1 / Foto: Iaçu Notícias