Taxa de contaminação da Covid-19 aumenta assustadoramente em Senhor do Bonfim

O governador Rui Costa chamou atenção para o aumento de casos confirmados de novo coronavírus em municípios do interior do estado. Em transmissão realizada nesta segunda-feira (1º), Rui destacou que a Bahia conseguiu reduzir sua taxa de contaminação.

Por outro lado, as cidades de Eunápolis, Nova Viçosa, Itamaraju, Teixeira de Freitas e Porto Seguro, no extremo sul do estado, além de Senhor do Bonfim, no norte, estão com números preocupantes.

rui costa
Rui Costa avaliou taxa de crescimento de contaminação em municípios baianos — Foto: Reprodução

“Estamos conseguindo diminuir a taxa de crescimento. Antes das ações, estávamos crescendo 5%. Hoje, reduzimos necessidade de leitos para 2% por dia e a média de crescimento diário para 4,6%. Se a gente for contendo os focos, vai reduzir mais ainda nos próximos dias e aprender a utilizar ferramentas de controle”, disse Rui Costa.
Ao destacar os números dos municípios que precisam de alerta, o gestor revelou que marcou uma reunião com prefeitos destas cidades nesta terça-feira (2).

“Se as notícias são boas em média do estado, nós temos que focar o que está puxando essa média, evitando que caia ainda mais. Ao olhar por município, constatamos uma região que quero chamar a atenção e pedi a nossa equipe para marcar reunião com os prefeitos e prefeitas do extremo sul. Nos últimos cinco dias, casos cresceram muito. Por exemplo, Eunápolis está com crescimento médio diário 12%. O estado é 4,06%. Nova Viçosa, 28% em média nos últimos cinco dias. Itamaraju, 9%, Teixeira de Freitas, 9%, Porto Seguro, 6%. Nisso, provavelmente, temos influência do Espírito Santo e temos que agir. Marquei reunião amanhã com prefeitos para alinhar posições no extremo sul”.

“Fora do extremo sul, a cidade que mais chama atenção é Senhor do Bonfim. O total de casos ainda é baixo, 31. Mas a média diária de crescimento chega a 82%. Não sei o que está acontecendo”, acrescentou Rui Costa.
O governador também avaliou municípios de outras regiões. Jequié, que teve toque de recolher ampliado, segue com situação preocupante.

“Jequié, não conseguimos reduzir ainda, mesmo com medidas tomadas. Está em 6%. Camaçari, Candeias, Simões Filho, 5%. Ipiaú, com as medidas, surtiu efeito, e nas últimas 24h tivemos 0%. É preciso atuar. Nessas cidades com 5%, 6%, precisamos continuar atuando”, concluiu Rui Costa.

Fonte: G1/BA