Vergonha: Roberto Carlos e Fátima Nunes lideram time de faltosos na Alba

fatimeerobertoA três meses do fim do ano já é possível identificar com dados oficiais quais os deputados mais gazeteiros da Assembleia Legislativa em 2013, até agora. E também os mais assíduos nas 92 sessões ordinárias que ocorreram entre janeiro e 01 de outubro. Trinta e nove dos 63 deputados faltaram entre 10 e 30 sessões.

O regimento interno da Casa diz que se o deputado faltar a mais de um terço das sessões do ano perde o direito ao mandato. Já houve caso de ameaça (leia abaixo). Se a soma fosse feita hoje, nenhum dos 63 parlamentares perderia a cadeira, mas alguns chegaram perto disso. Contudo, apresentaram justificativas. A TARDE teve acesso aos registros oficiais do painel do Plenário.

O deputado mais faltoso até agora é Ângelo Coronel (PSD). Ele teve 29 ausências, mas, oficialmente, está com 23 já que apresentou atestado médico. Somando 22 faltas cada um, e sem justificativas, estão Roberto Carlos (PDT) e Fátima Nunes (PT). O deputado oposicionista Targino Machado (DEM) esteve ausente em 30 sessões, mas justificou 11 delas com atestado médico (ele sofreu cirurgia).

Outro que apresentou atestado médico foi Fabricio Falcão (PCdoB), que justificou três faltas. A reportagem telefonou diversas vezes para Coronel e Roberto Carlos mas eles não atenderam nem retornaram as ligações para comentar as ausências.“

O índice de presença está muito bom. Talvez seja o melhor do País”, crê o presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT). “Eles são autônomos, não posso obrigá-los a não faltar. Corto o ponto em sessão de votação. E só abono faltas com atestado médico ou viagem ao exterior a serviço da Assembleia. Se for para Brasília, não abono”, diz.

Fonte: A Tarde

....

COMPARTILHAR