Veterano da II Guerra Mundial, idoso de 104 se cura do coronavírus

50

Um idoso de 104 anos é a pessoa mais velha a se curar do novo coronavírus, a Covid-19, no mundo. O norte-americano Willian “Bill” Lapschies é veterano da Segunda Guerra Mundial e sobreviveu à pandemia de gripe espanhola, pandemia que matou milhões de pessoas no planeta em 1918. As informações são do jornal Correio 24 horas.

1 reproducao video sobrevivente coronavirus 12336680
Bill Lapschies teria tido ainda gripe espanhola na infância (Foto: Reprodução de video / Koin)

Após ter sentido sintomas da doença no início de março, Bill realizou o exame e testou positivo, sendo colocado em isolamento e tratado por uma equipe da casa onde reside, um espaço dedicado a veteranos de guerra, em Oregon, nos Estados Unidos. Entre os demais moradores do local, 15 confirmaram a doença e dois chegaram a morrer em decorrência dela, segundo o jornal.

Bill, no entanto, teve uma recuperação positiva e se curou dias antes de completar 104 anos de idade, tornando-se a pessoas mais velha do mundo a conseguir se curar da patologia. O veterano ainda ganhou uma visita surpresa de familiares. Levado até a porta da casa, ele viu a sua família reunida, mesmo que distante dele — seguindo protocolo de isolamento social —, e trocou acenos com eles. “Sobrevivi. Estou pronto para viver mais”, teria brincado .

....