Vivo, Tim, Oi e Claro operam com a internet 4G em Salvador

    aparalhos-claro-02As operadoras Vivo e Tim iniciaram as operações da internet 4G nesta terça-feira (30), em Salvador. Hoje é o último dia no prazo estabelecido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para as cidades que irão sediar os jogos na Copa das Confederações. A Oi anunciou o serviço no dia 25 e a Claro no dia 16 de abril.

    Segundo a Telefônica Vivo, 82 bairros da capital já oferecem a nova conexão da operadora. “Há uma garantia de 60% de cobertura na cidade”, diz Ricardo Vieira, diretor interino da empresa na Bahia. Os planos da operadora partem de de R$ 139 ao mês para dados, voz e mensagens de texto. Inicialmente, quatro aparelhos já são oferecidos com a nova tecnologia e a estimativa da empresa é que até o fim do ano, além da ampliação da cobertura na capital, os municípios de Mata de São João e Porto Seguro também ofereçam o serviço.

    A TIM também anunicou  sua oferta de telefonia móvel de quarta geração. A empresa não informou o número de bairros que já são atendidos em Salvador, mas divulgou que os preços dos serviços para modem 4G, utilizados em tablets e computadores portáteis, começam em R$ 89,90 por mês para o plano de 3 gigabytes.

    aparalhos-claro-01Oi e Claro
    A Oi fez o lançamento no dia 25 de abril, em coletiva no Rio de Janeiro. Segundo a empresa, os planos de smartphones começam em R$ 98 mensais. A operadora também não informou quantos bairros de Salvador já possuem a cobertura de quarta geração.

    A Claro lançou, no dia 16, sua oferta de 4G, incialmente em 36 bairros de Salvador. O diretor regional da Claro na Bahia e em Sergipe, Dax Aniceto informou ao G1, na ocasião, que a empresa pretende ampliar a mancha de cobertura da capital baiana até maio.

    Hoje, a distribuição da Claro é  feita em bairros como Bonfim, Mont Serrat, Baixa de Quintas, Alto das Pombas, Barbalho, Cabula VI, Trobogy, Graça, Pituba, Caminhos das Árvores e Barra, por exemplo. “A gente procurou fazer algo que atenda todos [clientes] porque senão não daria a mobilidade que o serviço requer”, pontuou Aniceto. Segundo ele, 50% da área urbana já é coberta pela tecnologia 4G. A expectativa é que essa cobertura chegue a 60% até maio de 2013.

    Fonte: G1