Nova pickup Chevrolet Montana terá caçamba com vedação para parecer porta-malas

A Chevrolet segue firme na estratégia de atiçar a curiosidade do público em torno do lançamento da nova geração da Montana. A picape chegará ao mercado em 2023, já como linha 2024, e desde já está sendo anunciada como uma das mais inovadoras do segmento. Entre outros diferenciais, a General Motors promete que a caminhonete será referência na categoria em consumo, dirigibilidade e espaço interno.

chevrolet picape compacta media 1 28062021 48514 1280 960
Projeção / KDesignAG

Agora, adianta também que a Montana 2024 será equipada com um sistema inédito de vedação na caçamba. Segundo a marca, a picape terá um dispositivo especial de cobertura da área de carga capaz de proporcionar a melhor vedação contra intrusão de água e poeira do segmento. A ideia é fazer com que a caçamba funcione como um porta-malas gigante, oferecendo maior nível de proteção no transporte de objetos.

nova chevrolet montana 2023 campo de provas
Foto reprodução

A Chevrolet diz ainda que a caçamba da Montana 2024 será destaque em dimensões, com relação entre altura, largura e comprimento capaz de acomodar objetos dos mais diferentes formatos. A tampa da caçamba terá também sistema de amortecimento para a abertura, enquanto a lista de acessórios terá diversos itens para ajudar na distribuição e acomodação da carga. A ideia será acompanhar as demandas de quem usa o veículo tanto para o lazer quanto para o trabalho.

nova chevrolet montana
Foto reprodução

Em termos dimensionais, já sabemos que a Montana 2024 será maior que a Fiat Strada (4,47 m de comprimento) e menor que a Toro (4,94 metros), tendo aproximadamente o mesmo porte da Oroch (4,70 metros). Portanto, terá atuação intermediária e brigará tanto com versões da Strada quanto da Toro, além do modelo da Renault. Mecanicamente, já é certo que adotará a mesma base do Tracker e será equipada com motores turbo (a Chevrolet garante que irá surpreender no consumo).

nova chevrolet montana
Foto reprodução

No visual, a ruptura em relação à velha Montana será total. A dianteira seguirá o padrão da Chevrolet para SUVs, a exemplo do conjunto frontal do Trailblazer americano e do recém-lançado Seeker. Os faróis serão divididos em dois andares e, junto com a grade, prometem aspecto geral bastante agressivo. A ideia será resgatar o forte apelo visual da Montana de primeira geração, que até hoje é lembrada pelo design chamativo e bem acertado.

O lançamento acontecerá no início de 2023, com chegada às lojas programada para a sequência. Toda produção será concentrada na São Caetano do Sul (SP).

Fonte: Dyogo Fagundes / Motor1